notícias

GERENCIAMENTO DA LINHA 13 – JADE DA CPTM

A SETEC HIDROBRASILEIRA, em consórcio com a EGIS, desde abril de 2015, participa da prestação de Serviços Técnicos de Engenharia para o Gerenciamento da Implantação da Linha 13 – Jade...

GERENCIAMENTO DA LINHA 13 – JADE DA CPTM

A SETEC HIDROBRASILEIRA, em consórcio com a EGIS, desde abril de 2015, participa da prestação de Serviços Técnicos de Engenharia para o Gerenciamento da Implantação da Linha 13 – Jade.
Com o objetivo de integrar o município de Guarulhos à rede metroferroviária já existente, permitindo assim maior e melhor acessibilidade e mobilidade a sua população, a Linha 13 – Jade estima atender, em média, 120 mil passageiros/dia útil, já no 1° ano de operação e 200 mil passageiros/dia útil a partir do 3° ano.
As obras de implantação da Linha 13 foram iniciadas no final de 2013 e ligará o município de Guarulhos, a partir do Aeroporto Internacional de São Paulo, com o sistema metroferroviário metropolitano de São Paulo, compartilhando parte da infraestrutura da Linha 12 – Safira, entre a reconstruída Estação Engenheiro Goulart, que atenderá ambas as linhas e a nova Estação Aeroporto, em Guarulhos. Contará com 12,2km e 3 estações de passageiros – Engenheiro Goulart (compartilhada com a Linha 12), Guarulhos/CECAP (próxima ao Conjunto Habitacional Zezinho de Magalhães) e a Estação Aeroporto.
As obras de implantação incluem ainda a construção de 3 subestações e de 2 cabinas seccionadoras e a aquisição dos 8 trens necessários para a operação da Linha 13.

>>>

LINHA 06 – LARANJA DO METRÔ DE SÃO PAULO

Durante seis anos e meio, envolvendo as fases de projeto, construção e os seis primeiros meses de operação, o Consórcio CS Linha 06, formado pelas empresas Setec e Concremat, estará à frente do contrato de Certificação de Implantação da Linha 06 – Laranja do Metrô de São Paulo, cujo escopo trata da Verificação/Avaliação dos Projetos (Sistemas, Energia, Material Rodante...

LINHA 06 – LARANJA DO METRÔ DE SÃO PAULO

Durante seis anos e meio, envolvendo as fases de projeto, construção e os seis primeiros meses de operação, o Consórcio CS Linha 06, formado pelas empresas Setec e Concremat, estará à frente do contrato de Certificação de Implantação da Linha 06 – Laranja do Metrô de São Paulo, cujo escopo trata da Verificação/Avaliação dos Projetos (Sistemas, Energia, Material Rodante, Equipamentos Eletromecânicos), bem como a Verificação/Apoio Técnico durante toda a execução das Obras (Planejamento/Desapropriação/Meio Ambiente/Atestação dos Pagamentos/Pareceres Técnicos), visando o cumprimento do contrato firmado entre a Concessionária (Consórcio Move São Paulo) e o Poder Concedente (Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo).
A Linha 06 – Laranja ligará a região noroeste da Metrópole com a região do Centro Expandido, passando por grandes centros comerciais e regiões com importantes instituições de ensino, tais como: PUC, FAAP, Mackenzie, UNIP, etc, sendo já conhecida como a “Linha das Universidades”. Ao todo serão 15,3 km de extensão em subterrâneo, 15 estações, 17 VSE’s, 03 Terminais de Ônibus e 01 Pátio de Manutenção.
Com previsão de operação para 2020 e uma expectativa de 633 mil passageiros/dia, a Linha 6 – Laranja se integrará às Linhas 1 - Azul e 4 – Amarela do METRÔ e às Linhas 7 - Rubi e 8 – Diamante da CPTM.

>>>

FERROVIA NOVA TRANSNORDESTINA

A SETEC HIDROBRASILEIRA, através do Consórcio EBEI/MK/SETEC, está participando desde setembro de 2014, dos Serviços Integrados de Suporte de Engenharia, Planejamento e Controle, Fiscalização e Gestão de SSMA para implantação da Ferrovia Nova Transnordestina - Trecho Eliseu Martins (PI) – Trindade (PE), compreendendo os lotes EMT-01 ao EMT-05, totalizando...

FERROVIA NOVA TRANSNORDESTINA

A SETEC HIDROBRASILEIRA, através do Consórcio EBEI/MK/SETEC, está participando desde setembro de 2014, dos Serviços Integrados de Suporte de Engenharia, Planejamento e Controle, Fiscalização e Gestão de SSMA para implantação da Ferrovia Nova Transnordestina - Trecho Eliseu Martins (PI) – Trindade (PE), compreendendo os lotes EMT-01 ao EMT-05, totalizando 423km.
A Ferrovia Nova Transnordestina, que está sendo implantada pela Transnordestina Logística S/A, uma empresa do Grupo CSN, será a solução logística para atender a região Nordeste do Brasil, com foco no agronegócio e na indústria mineral, contando com 1.753 km de extensão e padrão internacional. A malha ferroviária vai interligar Eliseu Martins, no sertão do Piauí, aos portos de Pecém, no Ceará, e Suape, em Pernambuco, elevando a competitividade da produção agrícola e mineral da região com uma moderna logística que vai unir uma linha férrea de alto desempenho a portos de calado profundo que podem receber navios de grande porte.
Quando estiver operando, a ferrovia terá capacidade para transportar até 30 milhões de toneladas por ano, com destaque para minério de ferro, grãos (soja, farelo de soja, milho, algodão) e gipsita (gesso agrícola que tem aplicação como corretivo do solo e como gesso industrial).

>>>